contato | anuncie  
 
 
últimas notícias
agenda de shows
lançamentos
arquivo
cadastre-se
assine
fale conosco
quem somos
Últimas notícias
Muddy Waters e sua banda pioneira
Por Helton Ribeiro

Clique Para ampliar! No início eram o violão e a gaita. Um dia surgiram guitarra e baixo elétricos e bateria. O artista solitário cantando em meio às plantações de algodão deu lugar à banda, instituição que tornou-se essencial na evolução do blues e no surgimento do rock.

Muddy Waters foi quem moldou e popularizou a instrumentação clássica da banda de blues, com guitarra (em seu grupo havia duas), gaita, piano, baixo e bateria. Essa formação gerou uma sonoridade ruidosa, de ritmo mais marcado que o antigo Delta blues (ou blues rural) e temas urbanos.

O blues elétrico surgiu em Chicago, metrópole para onde acorriam no pós-guerra os músicos do sul rural dos Estados Unidos em busca de trabalho e fugindo do racismo. O som de Chicago é até hoje um dos estilos mais populares do blues, e Muddy Waters foi seu maior expoente.

Dono de uma voz agradável, nem suave nem rouca demais, era também um guitarrista que compensava a pouca técnica com um estilo único ao slide. Todos os LPs que lançou parecem coletâneas, tal a quantidade de clássicos. “Got my mojo working”, “Baby please don’t go” e I can’t be satisfied” são alguns deles, além de composições de Willie Dixon que Muddy imortalizou, como “Hoochie coochie man”, “I’m ready”, “I just want to make love to you” e “Mannish boy”. Por tudo isso, ele foi um dos mais influentes bluesmen de todos os tempos.

McKinley Morganfield nasceu em 04 de abril de 1915, em uma plantação perto de Rolling Fork, no Mississipi. O apelido Muddy Waters (Águas Lamacentas) veio do costume de brincar em um rio quando era criança.

Influenciado por mestres do blues rural como Robert Johnson e Son House, ele começou a tocar violão aos 17 anos, quando trabalhava em plantações em Clarksdale. Foi lá que, em 1941, o pesquisador de música folclórica John Lomax o descobriu e gravou, num equipamento portátil, seu primeiro disco, “Stovall’s Plantation”. Dois anos depois Muddy foi para Chicago tentar a sorte. Dirigia um caminhão de dia e tocava em espeluncas à noite.

Em 1946, conseguiu gravar o segundo disco e aí não parou mais. Nos anos 50, formou a lendária banda que lançou astros como os gaitistas Little Walter, Big Walter Horton, James Cotton e Junior Wells; os guitarristas Jimmy Rogers e Buddy Guy; o pianista Otis Spann e o baixista Willie Dixon, entre muitos outros.

Até o início dos anos 50, Muddy e todos os outros bluesmen tocavam apenas para os negros, pois os brancos consideravam aquela música primitiva e de mau gosto. A situação mudou quando jovens músicos britânicos descobriram e adotaram o blues, levando-o ao topo das paradas nos dois lados do Atlântico. Nessa época, a banda de Muddy era a principal referência de grupos como os Rolling Stones (cujo nome foi inspirado na música “Rollin’ stone”, de Muddy), Animals, Yardbirds, Fleetwood Mac e muitos outros.

Aliás, uma das muitas histórias lendárias do blues conta que, na primeira turnê dos Stones pelos Estados Unidos, um repórter teria perguntado o que eles mais gostariam de conhecer no país. Um dos músicos respondeu prontamente: “Muddy Waters e Howlin’ Wolf” (referindo-se também ao maior rival de Muddy). O repórter teria retrucado: “Onde ficam esses lugares?”.

Mais tarde, outro repórter perguntou a Muddy se ele não achava que os Stones tinham roubado sua música, porque copiavam o blues de Chicago. “Eles roubaram minha música, mas me deram um nome”, respondeu o bluesman, reconhecendo que o sucesso do grupo o tornou conhecido entre as platéias brancas.

Muddy morreu em 30 de abril de 1983, em Chicago (Illinois). Além dos discos e da influência sobre tantos outros artistas, ele deixou também uma prole musical: entre seus filhos estão o guitarrista Big Bill Morganfield e o cantor Mud Morganfield.

______________________
Publicado em 26/10/11
mais relacionadas
:: Bourbon Festival Paraty Será De 09 A 11 De Junho
:: Joe Louis Walker E Wallace Roney No Festival BB Seguridade
:: Festival De Bossa Nova E Choro Em Ilhabela (SP)
:: Samsung Festival Traz Sonny Landreth E Outros
:: George Benson E Buddy Guy No New Orleans Jazz Fest
:: Alemão Cria Aparelho Para “tocar” Fatias De árvores
:: Gaitista Cria App Para Aprender Gaita De Graça
:: Igor Prado Lançará CD Por Selo Alemão
:: Wallace Roney E Robert Glasper No Jazz Na Fábrica
:: Festival De Santos Homenageia Tom Jobim
 
50
  Guitarrista Larry McCray em 21 de junho
Jimi Hendrix está entre seus ídolos, e ele já participou de CDs em tributo a Bob Dylan e aos Rolling Stones. Não, Larry McCray não...
  FESTA