Maurício Sahady

Por Edson Travassos

    

 

Bluesman da primeira safra nacional, Sahady iniciou sua carreira na banda carioca "Atlântico Blues", uma das pioneiras no país. Seus shows, no final dos anos 80,  lotavam o famoso "Circo Voador", na lapa (RJ). Posso dizer que eu era um dos que engrossava as "trincheiras" de suas arquibancadas. 

Agora  em carreira solo, já lançou dois CDs: "Blues Brasileiro" e "Vício Valvulado". Tem participado dos principais eventos nacionais do estilo, tais como o "Rio das Ostras Jazz and Blues Festival", "Búzios Jazz and Blues", "Blues Festival" entre outros, além de programas de televisão como o “Jô Soares Onze e Meia" etc.

Seu som é quente e presta homenagem ao Blues de Chicago. Sua pegada e  timbre são bem característicos, e evocam o som que normalmente só é feito pelos grandes mestres americanos. Freddy King é uma influência evidente e ele faz questão de prestar homenagem a este "Rei do Blues" em seu último CD, quando interpreta " You got to love with the feeling" da forma mais fiel que já ouvi. Sahady é um dos poucos que consegue "sentir o feeling" !

Suas músicas privilegiam o idioma nacional, como já diz o título de seu CD anterior "Blues Brasileiro", e assimilam a temática e o sentimento originais deste estilo norte-americano, fundindo-o a uma vivência  "tupiniquim". "Mulher Brasil", de seu mais recente trabalho, ilustra bem isso. 

Atualmente, além de continuar marcando presença nos eventos do estilo, prepara um novo CD a ser lançado ainda este ano.

 

               

 

Discografia:

   

"Blues Brasileiro"  (Blues Time)

"Vício Valvulado'"  (Blues Time)

 

 

 

 

Confira também as "Vitrines" anteriores:

 

  Vinícius Silveira

  Prado Blues Band 

  Oficina Blues (junho de 2006)

  Val Tomato (maio de 2006)

  Blues Power! (março de 2006)

  Double Blues (fevereiro de 2006)

 

 

Maurício Sahady

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  Assine a Blues'n'Jazz