Bends - Uma nova fábrica de gaitas no Brasil

 

 

Existem apenas sete fábricas profissionais de gaita no mundo. Ou melhor, agora são oito. Ainda este ano, a marca Bends, instalada em Ribeirão Pires (Grande São Paulo) começará a comercializar os produtos de sua linha. Protótipos de alguns deles já serão apresentados em primeira mão na feira de instrumentos musicais Expomusic, em São Paulo, de 30 de agosto a 03 de setembro.

Haverá modelos específicos para diversos gêneros musicais, como jazz, blues, choro e bossa nova. No caso da bossa, a marca será pioneira, pois ainda não existe no mercado nenhum modelo próprio para esse ritmo.

A proposta da empresa é fazer instrumentos de alta qualidade, para competir inclusive no mercado externo. Até mesmo chaveiros e uma linha infantil deverão ter a mesma qualidade que as gaitas profissionais. “Queremos mudar a imagem que muita gente ainda tem, de que gaita é um brinquedo. Mesmo as crianças estarão aprendendo a tocar um instrumento, não um brinquedo”, diz Melk Rocha, coordenador de qualidade da empresa.

A Bends tem no seu quadro vários gaitistas, como o próprio Melk (ex-Expresso Tennessee), Carlos May (que já tocou no Natu Blues Festival) e Oswaldo Moraes (Black Coffee). A linha de montagem, maior que a da alemã Hohner (uma das marcas mais respeitadas) foi instalada na sede de uma antiga metalúrgica. A fábrica vem sendo montada há dois anos, e envolveu estudos de engenharia para construir o maquinário (já que não existem à venda equipamentos específicos para fabricar gaitas); contratação de profissionais experientes; pesquisas de mercado; e consultas a gaitistas profissionais, que deram sugestões para aprimorar os protótipos.

 

Os modelos

 

Na Expomusic, que ocorre no Expo Center Norte, será apresentada toda a linha de diatônicas e cromáticas, num total de 17 modelos.

A grande novidade é a cromática para bossa nova, que tem dois furos a mais à esquerda, possibilitando extrair notas mais graves. “Os músicos de bossa queriam uma harmônica assim há muito tempo, pois, para eles, ficam faltando notas no instrumento de 48 vozes. E, por outro lado, eles consideram a harmônica de 64 furos grande demais, pouco prática”, conta Melk. A gaita, que será útil também aos músicos de choro, terá um design especial, com elementos lembrando o Rio de Janeiro.

Outro diferencial é a linha infantil, em vários modelos e tonalidades. Essas gaitas terão um charme especial, com corpo de plástico transparente, que permitirá às crianças conhecerem o funcionamento interno do instrumento.

Essa preocupação com o design está presente em todos os produtos. Os tampos terão grafismos inspirados em art noveau. “Queremos vender arte também”, explica Carlos May, coordenador de marketing. Novas embalagens, mais modernas, também estão sendo desenvolvidas.

 

Test drive

 

Na Expomusic, os interessados poderão testar os protótipos. Além disso, haverá uma programação diária de pocket shows, em que músicos profissionais utilizarão os instrumentos. Rodrigo Eberienos (Rio de Janeiro), André Carlini e Ivan Márcio (ambos de São Paulo) colocarão à prova a qualidade e os recursos das Bends. Eles serão acompanhados nos shows pelo guitarrista Igor Prado e o contrabaixista Marcos Klis (da Prado Blues Band).

Receba informações on line sobre as novas gaitas cadastrando-se aqui.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  Assine a Blues'n'Jazz