Jefferson Gonçalves tocou no Senegal

 

 

 

O gaitista carioca Jefferson Gonçalves e o guitarrista de sua banda, Kleber Dias, tocaram em 07 de junho no Senegal Folk Festival, em Dakar, no Senegal. Foi a primeira vez que músicos de blues brasileiros tocaram na África.

   A noite foi aberta pelo cantor senegalês Ousmane Touré com um show bem agradável. Antes da carreira solo, ele fazia parte do grupo Touré Kunda, que obteve sucesso internacional nos anos 80.

   A seguir, Jefferson e Kleber Dias, guitarrista de sua banda, apresentaram um repertório instrumental e acústico, com músicas dos três CDs lançados - Gréia, Gréia ao Vivo - Conexão Nordeste e Ar Puro. Foram escolhidas músicas que evidenciam as misturas de blues com ritmos brasileiros, o que agradou em cheio ao público. A platéia dançou ao som de Teto preto e Nosso groove, do disco Ar Puro. Para encerrar, a dupla tocou Asa Branca, com participação do trio senegalês Les Frères Guissés.

   Jefferson explica: “Na passagem de som, tocamos essa música e eles gostaram da melodia e do ritmo. Explicamos o que a letra diz e à noite eles fizeram uma letra em wolof, uma das línguas usadas por eles, e resolvemos tocar todos juntos. Foi muito interessante essa mistura”.

   Depois da canja, os irmãos Guissés (dois violonistas e um percussionista) fizeram seu próprio show. Eles estiveram no Brasil em fevereiro, onde tocaram nos festivais de Guaramiranga (CE) e Garanhuns (PE). Em seu país eles são bastante conhecidos e têm vários sucessos. No festival, mostraram antigos sucessos e canções do novo CD que será lançado em breve. Então foi vez de chamarem Jefferson e Kleber para tocar duas canções com eles. Silmaxa, composição dos Guissés, e Tajabone, uma canção tradicional que o cantor e multi-instrumentista Ismaël Lo gravou com um arranjo para gaita. Quando Jefferson executou o tema, o público aplaudiu de pé.

 

 

 

 

Jefferson e o percussionsita dos Frères Guissés

 

 

  Assine a Blues'n'Jazz