Resenhas Anteriores:

Gaspo "Harmônica" & Oly Jr. : "Na capa da gaita"

Manifesto Blues: "Bluz'in"

Marcelo Watanable:  "Acoustic & Eletric"

Marcelo Watanable & Rio Preto All Stars: "Black River Blues"

Hubert Sumlin: "I'm the Back door Man"

John Primer: "All right"

Adrian Flores: "Blues from the deep south"

  Wayne Shorter: "Beyond the soud Barrier"

 

 

  Engels Espíritos - "Faces of the Harp"

 (independente)

Por Helton RIbeiro

    

 

   

O gaitista de Brasília está lançando seu segundo CD em grande estilo, com shows nos Estados Unidos e Canadá (onde já tocou com ninguém menos que o guitarrista Jeff Healey, de quem recebeu elogios). Em Faces of the Harp Engels consolida o estilo original cuja base continua sendo o blues-rock de alta voltagem e o virtuosismo (repare nos solos vertiginosos em Jogo da vida e Grey city storm). Mas ele também pisa no freio, quando necessário (Mar de Brasília, El fuego), e mostra que sabe fazer o tradicional (Loucomotiva blues). A surpresa do CD são as letras em português e as fusões com ritmos brasileiros em faixas como Baião da pifa e Samba do malandro Perereca. Também chama atenção a viagem de Respiração do universo, que parece um mantra.

 

 

 

 

  Assine a Blues'n'Jazz