Resenhas Anteriores:

Gaspo "Harmônica" & Oly Jr. : "Na capa da gaita"

Manifesto Blues: "Bluz'in"

Marcelo Watanable:  "Acoustic & Eletric"

Marcelo Watanable & Rio Preto All Stars: "Black River Blues"

Hubert Sumlin: "I'm the Back door Man"

John Primer: "All right"

Adrian Flores: "Blues from the deep south"

  Wayne Shorter: "Beyond the soud Barrier"

 

 

  Allman Brothers

"The Allman Brothers Band  (Universal)  

Por Helton Ribeiro

 

Sim, é isso mesmo, o primeiro e clássico disco do grupo, com Duane Allman e Dickey Betts inaugurando a fórmula de duas guitarras solo. Veja em Don’t want you no more como elas começam tocando em uníssono e depois vão se alternando nos solos. Duane mostra sua perícia também no slide de Dreams, enquanto o irmão Gregg solta a voz rouca – outra marca registrada do grupo – em Whipping post. O poder rítmico dos bateristas/percussionistas Butch Trucks e Jaimo é evidenciado em Every hungry woman. A psicodélica Dreams mostra o senso melódico que culminaria mais tarde em números instrumentais como Jessica. Já Black hearted woman deixa clara a influência de Jimi Hendrix e do contemporâneo Johnny Winter. As raízes blueseiras da mais emblemática banda do Southern rock são expressas em Trouble no more, de Muddy Waters, e na blues ballad It’s not my cross to bear.

 

Allman Brothers

"The Allman Brothers Band" 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  Assine a Blues'n'Jazz