Resenhas Anteriores:

Gaspo "Harmônica" & Oly Jr. : "Na capa da gaita"

Manifesto Blues: "Bluz'in"

Marcelo Watanable:  "Acoustic & Eletric"

Marcelo Watanable & Rio Preto All Stars: "Black River Blues"

Hubert Sumlin: "I'm the Back door Man"

John Primer: "All right"

Adrian Flores: "Blues from the deep south"

  Wayne Shorter: "Beyond the soud Barrier"

 

 

 TILL BRÖNNER - RIO

(Universal)

Por Helton Ribeiro

 

 

O trompetista alemão, que vem se destacando no cenário europeu, também presta sua homenagem à música brasileira. Mas, ao contrário de Karrin Allyson, recrutou músicos brasileiros e convidou nomes como Milton Nascimento, Vanessa da Mata, Luciana Souza, Sérgio Mendes e Marcos Suzano, ao lado de vocalistas como Annie Lennox (ex-Eurythmics), Kurt Elling (um dos maiores cantores de jazz contemporâneos) e a jovem americana Melody Gardot. O trompete suave de Brönner não ofusca os convidados, contribuindo mais para dar novo sabor a clássicos como O que será?, Só danço samba, Ela é carioca, Lígia e A rã. Ele também canta em várias faixas, com a voz que lembra um pouco a de Jamie Cullum. No geral, é um bom disco de bossa nova com um pouco de MPB e jazz.

 

 

-----------------------------------------------

TEXTO PRODUZIDO EM 20/12/08

 

 

 

 

 

 

  Assine a Blues'n'Jazz