Resenhas Anteriores:

Gaspo "Harmônica" & Oly Jr. : "Na capa da gaita"

Manifesto Blues: "Bluz'in"

Marcelo Watanable:  "Acoustic & Eletric"

Marcelo Watanable & Rio Preto All Stars: "Black River Blues"

Hubert Sumlin: "I'm the Back door Man"

John Primer: "All right"

Adrian Flores: "Blues from the deep south"

  Wayne Shorter: "Beyond the soud Barrier"

 

 

  CARLO FILIPE - CALDO

 

(Ethos Brasil)

Por Helton Ribeiro

 

 

O guitarrista carioca gravou dois CDs com a Orquestra Brasileira de Guitarras, na qual foi spalla (primeira guitarra) durante nove anos, e outro com o grupo Sambaqui, que teve participações de Toninho Horta e Guinga. Seu primeiro trabalho solo também é recheado de nomes ilustres: Carlos Malta, Robertinho Silva, Paulo Sérgio Santos e Paulo Russo. Carlo tem um estilo bastante pessoal, fruto da formação erudita, que resultou em arranjos de guitarra e quarteto de cordas (Rosa, de Pixinguinha, Choro bandido, de Edu Lobo e Chico Buarque, e a composição própria A irlandesa dança). Ele também tem apreço por blues (Cada vez mais vouco, de sua autoria, e Bluesette, de Toots Thielemans) e choro (Brasileirinho, Largo do Ó). É um CD que, para os amantes de todos esses gêneros musicais, vale a pena ter na prateleira.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  Assine a Blues'n'Jazz