Resenhas Anteriores:

Gaspo "Harmônica" & Oly Jr. : "Na capa da gaita"

Manifesto Blues: "Bluz'in"

Marcelo Watanable:  "Acoustic & Eletric"

Marcelo Watanable & Rio Preto All Stars: "Black River Blues"

Hubert Sumlin: "I'm the Back door Man"

John Primer: "All right"

Adrian Flores: "Blues from the deep south"

  Wayne Shorter: "Beyond the soud Barrier"

 

 

  Mauro Hector - Atitude Blues

 

 (Independente)  

Por Helton Ribeiro

    

   O guitarrista de Santos (SP) lança seu segundo CD, prosseguindo na fusão entre blues e jazz. É uma escolha pouco comum no Brasil, mas que lá fora tem nomes consagrados como Robben Ford e Scott Henderson. Não que ele se pareça com um dos dois, pois tem personalidade própria, somando influências tanto de Stevie Ray Vaughan (Atitude blues) e Jimi Hendrix (Armadilha) quanto de George Benson (Na calma), Wes Montgomery (Tema para Santos) e Mike Stern (Lembranças, Enigma). O apuro técnico de Hector lhe permite atravessar esse cruzamento sem dar trombadas. Pelo contrário, a via de mão dupla entre os gêneros traz sempre algo diferente, como em Identidade, onde a guitarra é bem Stevie Ray, mas o ritmo é todo quebrado, jazzístico. Ou Impressão digital, onde o ritmo é funk, mas o surdo da bateria remete ao samba, enquanto Hector toca com a energia e a velocidade do blues-rock.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  Assine a Blues'n'Jazz