Resenhas Anteriores:

Gaspo "Harmônica" & Oly Jr. : "Na capa da gaita"

Manifesto Blues: "Bluz'in"

Marcelo Watanable:  "Acoustic & Eletric"

Marcelo Watanable & Rio Preto All Stars: "Black River Blues"

Hubert Sumlin: "I'm the Back door Man"

John Primer: "All right"

Adrian Flores: "Blues from the deep south"

  Wayne Shorter: "Beyond the soud Barrier"

 

 

  Pascoal Meirelles Sexteto - Tributo a Art Blakey

 

 (Independente)  

Por Helton Ribeiro

    

   Prestar tributo a um mestre do jazz é algo raro no Brasil, e o baterista do Cama de Gato escolheu um peso pesado de seu instrumento. Saiu-se muito bem, escoltado por seus "Jazz Messengers", um sexteto formado por Jessé Sadoc (trompete), Daniel Garcia (sax tenor), Idriss Boudrioua (sax alto), Dario Galante (piano) e Sérgio Barrozo (contrabaixo). Eles deram um toque pessoal aos arranjos, mas evitaram a tentação de transformar em sambas ou bossas standards do repertório de Blakey, como Blues march, Moanin', Up jumped spring, A night in Tunisia e Caravan. Como ninguém tem o pulso poderoso de Blakey, Meirelles optou por suingar com mais leveza e versatilidade, como nos solos de Caravan e A night in Tunisia. A banda também substitui a urgência dos Messengers por uma interpretação mais melodiosa. O CD tem uma faixa-bônus gravada ao vivo, That old feeling, e uma fala de Lee Morgan, falecido trompetista dos Messengers. Blakey teria gostado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  Assine a Blues'n'Jazz