Bourbon Street

  Marcia Ball no Bourbon Street Fest

Leroy Jones e Carol Fran são outros grandes nomes no festival

Por Helton Ribeiro

O Bourbon Street Fest chega à sétima edição trazendo uma das mais renomadas instrumentistas do blues, a pianista Marcia Ball. Dez atrações, das quais oito internacionais, farão 24 shows em São Paulo, parte deles com entrada franca, de 15 a 23 de agosto.

   Promovido pelo Bourbon Street Music Club, o festival apresenta um painel da cultura de New Orleans, com seus diferentes ritmos musicais, a saborosa culinária e a tradição do jazz brunch aos domingos. O palco montado na rua em frente à casa noturna é sempre o ponto alto, com público médio de cinco mil pessoas e os shows mais vibrantes do festival.

   O Bourbon é a maior casa de jazz, blues e rhythm & blues da América Latina. Em seus dezesseis anos de história, já trouxe ao Brasil mais de trezentos shows internacionais. B.B. King, Ray Charles, Nina Simone, Diana Krall, Ron Wood (Rolling Stones), Wynton Marsalis, Brad Mehldau, Koko Taylor, James Cotton e Junior Wells foram alguns deles.

 

  Marcia Ball

   Um dos maiores nomes femininos do blues contemporâneo, a pianista é do Texas, mas tem forte ligação com New Orleans, onde participa todo ano do New Orleans Jazz Fest. Bem-humorada, seu cartão de visitas é a irreverente “Let me play with your poodle”, de Tampa Red. Ela também é compositora de mão cheia e excelente pianista. Sua música é animada e alto astral – como ela mesma define, “um pouco de rock, muito de suingue, uma pitada de rhythm & blues e um punhado de blues”.

  Leroy Jones Quintet

   Na cidade que é um celeiro de grandes trompetistas (de Louis Armstrong a Wynton Marsalis), Jones consegue a proeza de ser hoje um dos melhores no instrumento. Ainda na adolescência ele fez parte de uma banda de metais que daria origem à consagrada Dirty Dozen Brass Band. Mais tarde, foi do grupo de Harry Connick Jr., com quem tocou no mundo inteiro. Desde os anos 80 Jones lidera o próprio grupo, formado curiosamente por músicos de New Orleans e da Finlândia. Além dos shows, ele fará um workshop para crianças e adolescentes da favela de Heliópolis, no dia 19.

 

Sunpie and the Sunspots

   Os artistas de zydeco estão sempre entre os preferidos do público do Bourbon Fest. E não é para menos: ninguém fica parado ao som desse ritmo dançante, típico da Louisiana, que é uma espécie de rhythm & blues tocado com acordeão e frottoir (ou rubboard, uma antiga tábua de lavar que os músicos penduram ao pescoço e percutem com duas colheres). O inovador gaitista e acordeonista Sunpie, que acrescenta um pouco de música caribenha a essa mistura, já se apresentou em mais de 35 países com seus Sunspots.

 

Carol Fran & Joe Krown

   Uma das mais renomadas cantoras de blues da Louisiana, além de pianista, Carol Fran ainda não tem a fama que merece, mas é admirada por quem sabe das coisas. Como Elvis Presley, que ouviu sua gravação de "Crying in the Chapel" e correu para gravá-la também. Ela será acompanhada do grupo do organista e pianista Joe Krown, que também fará seu próprio show no festival.

 

Glen David Andrews

   O trombonista e cantor de 28 anos já foi definido como uma mistura de James Brown e Prince. O produtor do New Orleans Jazz Fest (um dos maiores eventos do gênero no mundo), Quint Davis, o considera “um gigante de New Orleans”. Ele vem sendo apontado também como um dos melhores cantores da cidade. Andrews traz a renovação das brass bands (bandas de metais), que deram origem ao jazz.

 

Big Sam’s Funky Nation

   Ex-trombonista da Dirty Dozen Brass Band (que também já esteve no Bourbon Fest), Big Sam vem pela segunda vez ao festival – na primeira, em 2003, foi considerado a revelação do evento. Ele traz outra sonoridade típica de New Orleans: lá, o funk incorporou o som das brass bands, gerando o que os locais chamam de fonk. Traduzindo: dança e diversão garantidas.

 

Joe Krown Trio

   O pianista e organista Joe Krown já abriu shows de Eric Clapton e recebeu o Big Easy Award, maior prêmio musical de New Orleans, na categoria blues, em 2001. Sua banda regular, Gate's Express, foi eleita melhor banda de blues de 2004 pela revista Offbeat, a bíblia da música da cidade. Mas ele não se limita a esse gênero musical, podendo tocar jazz, ragtime ou funk com a mesma maestria.

 

Kurt Brunus Project + Special Guests

   A vertente mais contemporânea e festiva de New Orleans é representada este ano pelo tecladista Kurt Brunus, que já tocou com The Temptations, Wynton Marsalis e George Benson, entre outros. Com seu quarteto e participações especiais das cantoras Cynthia Bland e Yadonna West, ele traz uma fusão de rhythm & blues, hip hop, soul e até reggae.

 

 

Dixie Square Jazz Band

   Uma das mais antigas tradições musicais de New Orleans é a das street bands, que tocam caminhando pelas ruas. A Dixie Square, uma das melhores bandas de São Paulo no estilo, desfila por várias avenidas da cidade durante o festival e faz a abertura dos shows no Bourbon.

 

DJ Bebeto

   Nos intervalos e depois dos shows o som vai continuar com o DJ Bebeto, que discotecou durante seis anos na Inglaterra. Groove, lounge, jazz, blues, soul e outros ritmos passarão por seus pick ups.

 

 

Programação completa

15/08: Dixie Square Jazz Band / Glen David Andrews / Marcia Ball / Kurt Brunus – Parque do Ibirapuera

18/08: Glen David Andrews / Leroy Jones / Marcia Ball Bourbon Street

19/08: Carol Fran / Joe Krown / Sunpie / blues jam session Bourbon Street

20/08: Glen David Andrews / Sunpie / Big Sam’s Funky Nation Bourbon Street

21/08: Glen David Andrews / Carol Fran / Kurt Brunus / Big Sam’s Funky Nation Bourbon Street

22/08: Glen David Andrews / Sunpie / Kurt Brunus Bourbon Street

23/08: Jazz brunch / Leroy Jones Bourbon Street

23/08: Big Sam’s Funky Nation / Sunpie / Kurt Brunus / jam session – Rua dos Chanés

 

 

ENDEREÇOS:

Bourbon Street: R. dos Chanés 127, Moema – São Paulo – Fone (11) 5095-6100

Parque do Ibirapuera: Estacionamento do Museu Afrobrasil, portão 10 – São Paulo  


Marcia Ball é um dos maiores nomes do blues feminino
 

 

Leroy Jones é um dos melhores trompetistas de New Orleans  

 

Sunpie representa o dançante zydeco

 

Carol Fran é veterana do blues

 

Glen D. Andrews: considerado um gigante de New Orleans

 

Big Sam toca funk com banda de metais (foto: Dino Perucci)

 

Joe Krown já abriu show de Clapton

 

Kurt Brunus tocou com os Temptations e George Benson

 

Dixie Square toca pelas ruas de São Paulo durante o evento (foto: Cezar Fernandes)

 

Bebeto vai discotecar nos intervalos e depois dos shows

 
  Assine a Blues'n'Jazz